(11)

(11)

Pintura Externas

Gostou? compartilhe!

O visual de um ambiente, pode definir uma série de fatores. Quando se trata de empresas, quando mais agradável for, maior são as chances de consolidação no mercado. É fundamental lembrar que, um local com a pintura em dia é capaz de chamar a atenção positivamente.

A realização de pintura externas deve ser programada é feita por quem entende do assunto, tudo isso, devido ao perigo, pois, pinturas em prédios, por exemplo, exige o uso de equipamentos de segurança, já que a altura pode causar acidentes quando não há a utilização de itens que proporcionam a tranquilidade no momento de realizar os serviços.

Pintura externas: Como é realizada?

Pintura externas, principalmente aquelas presentes nas fachadas de condomínios é o que mais fica visível, sendo visualmente agradável quando qualificada devido ao ambiente harmonioso que proporciona. A pintura, pode ser na frente, laterais e até mesmo, fundo do prédio. Para uma pintura de qualidade, é necessário seguir alguns padrões.

Uma pintura externa, pode ser realizada tanto em superfícies lisas quando naquelas paredes com textura. Quando o assunto é a aplicação de argamassa é necessário que o material seja de boa qualidade. Além disso, é fundamental que o traço esteja correto para que não haja a possibilidade de decomposição e até mesmo fissuras causadas pelo excesso de contratura. É necessário lixar o local e então, isolar para que possa ser pintado com qualidade.

Pintura Externa: Qual a periodicidade da sua realização?

A periodicidade da pintura externa depende, exclusivamente da necessidade do local em realizar esse tipo de trabalho. Isso se dá pela aparição de fissuras e trincas, assim como infiltrações e descascamentos. Em algumas pinturas também, pode aparecer bolhas assim como a descoloração da cor. Todos esses pontos, podem ocasionar grandes transtornos visuais, por isso, a realização da pintura externa precisa ser realizada.

Todos esses defeitos, podem ocorrer à medida em que o tempo passa, além de ser uma área que vive em constante contato com às ações naturais do tempo, como a chuva e o sol. Mesmo com fachadas em um estado melhor de conservação, é necessário seguir algumas especificações para estar dentro das leis. No estado de São Paulo, há uma lei que obriga os condomínios a realizarem a lavagem e a pintura a cada 5 anos, sendo ela Lei nº 10.518/88.

Pintura externas: Cuidados

Antes da realização da pintura externas, é necessário observar alguns pontos fundamentais para a realização desse tipo de serviço. Em prédios, é fundamental que haja a contratação de um profissional apto a realizar o serviço e estudar preliminarmente os pontos que precisam de melhorias para que o resultado final seja de qualidade. Isso, auxilia o profissional a entender o problema e oferecer a melhor solução ao solicitante do serviço.

Para a pintura externas, os profissionais devem utilizar os EPIs (Equipamentos de segurança) próprios para evitar incidentes e estar de acordo com as normas vigentes. A empresa contratada, deve ainda estar dentro da Norma Regulamentadora n° 35 sobre trabalhos em altura. Conte com a A L Souza para obter as melhores soluções de pintura externas.